Tenho o objetivo de relatar o antes e depois de uma pessoa gastroplastizada, não só o procedimento, mas também, o dia a dia que são repletos de dúvidas, medos e incertezas. Compartilhando experiências físicas e emocionais que ajudem a quem, assim como eu, busca a troca de informações e palavras de apoio para um momento tão decisivo.

Um beijo grande a todas que acompanham!



domingo, 25 de setembro de 2011

Xô... urubussss!!!!!!

Oi meninas.. como estão de domingo??? 

Estou, nesse momento, trabalhando.. pois é... domingo lindo aqui e eu de castigo...rsrsrs

E tem mais... acabei de descuidar da minha pastinha de exames e um colega  viu um livrinho q tenho com a capa "cirurgia bariátrica".... Ele arregalou os olhos e perguntou se eu iria fazer essa cirurgia.. neguei, clarooo... ele disse "é...não faz isso não, um monte de gente foi "pro saco" com essa cirurgia...

Afehhh!!! Sai pra lá urubu!!!

É por essas e outras q, não sei se já falei pra vcs, só quem sabe q estou tentando a gastro é meu marido, minha filha, minha secretária e uma amiga querida e só!!!!  Nossos medos e inseguranças já são tantos q o q menos precisamos são de pessoas q façam esses tipos de comentários.  

Ah!!! ontem fiz a ultrasom do abdomem, deu gordura no fígado, perguntei quanto...o cara q fez o exeme disse q mais ou menos (q resposta técnica, hem?????rsrsrs) O médico, com certeza, irá me explicar melhor.

Agora, para minha grandeee surpresa, deu pedra na vesícula (por essa eu não esperava!!!). Eu já havia tido informações a respeito da formação de pedras após a cirurgia e mesmo assim se tivesse um bom acompanhamento, poderia ser tratada enquano é laminha (antes de virar pedra). Então, uma das minha metas era fazer um bom acompanhamento pós cirurgico. Agora, não sei como vai ser... meu médico não opera vesícula junto com a gastroplastia...ele e o hepato falaram em palestra q qt maior o tempo cirurgico maior é o risco também... então, fazer duas cirurgias ao mesmo tempo, aumenta e muito o período de anestesia.

Fiz também o exame de prova ventilatória... não sei se soprei direito no tubinho..rsrsrs - não peguei bem o jeito de fazer... espero q não dê problema.

E só pra fechar... ontem estava conversando com uma futura borboletinha (só 17 aninhos) q disse ter ido à manicure... qd estava lá, ela falou q estava com frio... sabe o q a manicure disse???? Sério!!!????... mas gente gorda não tem frio!!!! : O

Essa é  pá acabá!!!!!!!!!!!!! Cada coisa q escutamos... Vou lançar a bandeira da "obesofobia" rsrsrs

Beijos amores... até a próxima!!!

3 comentários:

Cris Beretta disse...

Oi, querida. Estou no mesmo ritmo que você só que já fiz os exames e estou pegando os laudos, já tenho o do cardiologista, da endogrinologista, só falta o do pneumologista até fui nele semana passada mas o meu gastrologista so havia pedido o ultrassom do torax e pneumologista disse que precisava o da funça pulmonar. E ontem, eu fui fazer o exame e concordo com você, assoprar no tubinho é demais complicado. Vou fazer o sleeve tenho 1,56mm 94kg IMC 38,2 e comorbidades: gordura no figado, trigliceridios e intolerância a glicose. Já tenho histórico de obesidade desde a infância (3 a 4 anos) e sei o quanto e difícil a vida de sanfona, não aguento mais e a cirurgia é a minha última opção para tentar ter uma vida normal. Também não quero contar para ninguém no trabalho, pois tem muita gente com mal olhado e que fica falando coisas ruins. Minha intenção é operar em dezembro com o Dr. Marcelo Salem.
Beijos.
Cris Beretta

...Aline... disse...

Diga não a obesofobia!!

É melhor mesmo não fazer as duas cirurgias juntas, é muito desgastante né

beijos

Laura disse...

As pessoas são tão estranhas. Se você não está afim de fazer regime, dizem q vc deve se amar mais e fazer de tudo para emagrecer. Mas quando vêem que vc quer emagrecer de uma maneira definitiva surgem com milhares de contras.